Dependência Química

Dependência Química

O TRATAMENTO DA DEPENDENCIA QUÍMICA

A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera o uso abusivo de drogas como uma doença crônica e recorrente, e se constitui como um problema de saúde pública.

Em virtude de ser um problema bastante complexo, no qual estão envolvidas várias dimensões, deve-se entender a dependência química como sendo uma doença biopsicossocial. Em função disso, os modelos de tratamento necessitam de tipos de intervenções, que incluam diversas estratégias de abordagem do problema, considerando elementos biológicos, psicológicos e sociais

Em meu modelo de tratamento, o sistêmico, eu trabalho com o dependente de forma humanizada, empática, ressignificando sua história, possibilitando a reestruturação das relações existentes e a percepção e sentimentos em relação à elas, bem como colaboro com o desenvolvimento de uma melhor inteligência emocional, com a elaboração de uma maior tolerância à frustração, com a aceitação e melhor convivência com regras, organização e disciplina, (aspectos fundamentais no tratamento da adicção).

Propicio também  diversas reflexões acerca do passado e presente, e otimizo a reconstrução de novos caminhos, tanto através de nossa interação no setting terapêutico quanto através das tarefas que passo pra casa.

Acredito que a psicoterapia, é uma Luz sobre os caminhos; em algum momento em nossa vida, nos sentimos frágeis, perdidos, e por meio desta interação: terapeuta-cliente, que integra: técnica, imparcialidade, visão amplificada e objetiva, empatia, e vontade genuína de ajudar, promove-se o que  costumo chamar de: “faxina interna”, exteriorizando pensamentos e sentimentos que ocasionam conflitos, sofrimentos, medos, culpas, emoções que nos fazem sofrer e engesssam nosso crescimento.

Enfim, entendo a psicoterapia como um precioso instrumento de promoção do autoconhecimento, que possibilita a expansão da consciência individual e social, uma das habilidades fundamentais para o desenvolvimento e crescimento de qualquer ser humano, e que promove a realização plena em todas as áreas da vida.

Autismo

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é considerado um transtorno do neurodesenvolvimento. Isso significa que esta é uma …

Dependência química: a doença dos vínculos e a importância da família no tratamento

Vínculos frágeis entre o jovem e as fontes primárias de socialização: família, escola, e amigos, são fatores de risco …